...eu não sou perfeito, sou um poço de defeitos, e pior que isso, é ver em alguns daqueles a que tantos chamam de defeitos meus como uma qualidade e como tal, cultivar essa mesma caracteristica que a tantos desagrada e que eu cultivo como traços marcantes que ditam a minha personalidade e como tal, não fazer a minima intenção mudar que sou, e continuar assim imperfeito aos teus olhos.

... e tu, tu não és perfeita, repleta de particularidades das quais nem todas são do meu agrado, podem até mesmo ser merdiçes, como a entoação o que dás a uma palavra mudando.lhe a silaba tónica, não ligares a algo a que eu dou importância ou não me atenderes o telefone quando quero mesmo falar contigo, insignificâncias que corrigidas te faziam perfeita aos meus olhos... e a perfeição não é de todo uma insgnificância.

... mas não, não vou mudar, vou fazer por ser o mesmo, preservando tudo aquilo que menos gostas em mim, e não, não vais mudar, e viver ao teu lado será tolerar e aceitar tudo aquilo que menos gosto em ti... não sou perfeito, não és perfeita, mas nada disso importa quando a questão que se levanta é...

... serão estes dois imperfeitos.... perfeitos um para o outro.
Free counter and web stats