Another day... Another battle.

Por incrivel que pareça... por incrivél que pareça, não há nada, não há nada... que não me aconteça!

A letra é tirada duma série de desanhos animados que eu via á uns 20 anos atrás, eles viviam numa arvore e um deles que me lembro em particular só sabia dizer... "osóiotóio", penso que se chamava "Os Agapitos" mas sinceramente já nem me lembro bem do nome, o que é certo é que a musica parece que foi escrita para mim, porque algo de banalissimo como ir por gasolina no carro, pode acabar por se revelar uma grande aventura.

É por estas e por outras que eu não acordo cedo, eram 7 e pouco da manhã e era suposto ir ter com a Tânia a Coina, para ir com ela para Lisboa para enquanto ela tivesse nas aulas, levar o TT á AutoPamplona para montar a DumpValve, mas tinha o meu carro "running on vapors" e achei melhor meter gasolina antes de ir ter com ela.

Páro na BP da Quinta da Lomba á saida do Barreiro, e dirigo-me ao quichet para pagar, entrego 10euros á mulherzinha da caixa e ela pergunta-me, "Bomba 2?" ao que eu que tinha parado o carro na bomba quatro digo "Não, bomba 4!" e lá vou eu meter gasolina na minha menina d'olhos azuis. Chego ao carro, e começo a meter a abastecer, aqueles 10euros pareciam nunca mais terminar, e não fosse eu olhar para o indicador do total a pagar e ainda hoje lá estava a meter gasolina, a conta já ia em 20,09euros e quando vejo isto, largo a mangueira e vou até lá dentro e digo.

"Desculpe, eu tinha.lhe dito 10euros... mas a senhora não deve ter feito a pre.marcação e agora que reparei já vái em 20euros"

A senhora da caixa, respondeu logo, "Disse-me bomba 2! Agora vái ter de pagar os 10euros que faltam, ou paga agora, ou se não tiver vêm cá pagar depois, mas não vai andar por ai com gasolina á minha conta!"

Isto dito d'outra maneira, duma maneira, sei lá, mais humilde de quem se havia enganado na marcação da bomba e pedindo-me desculpa pelo engano e perguntado amabilmente se eu não me importava de pagar o excedente... provávelmente até tinha funcionado, mas não, tinha de ter a mania que era esperta!

É obvio que eu lhe disse que, se lhe tinha ido dár 10euros era porque não queria, não me interessava, ou não podia meter mais gasolina, neste caso era mesmo não queria e disse.lhe categóricamente que não ia pagar o excedente uma vez que o erro tinha sido dela em autorizar o meu abastecimento na bomba 2 quando lhe dei os 10euros e de seguida autorizar outro abastecimento meu quando levantei a mangueira da bomba 4, e visto que eu não tinha de sair prejudicado pelos erros dos outros, neste caso, o dela, não paguei!

Não demorou 10segudos até ela muito confiante dizer... "não tem problema nenhum, chama-se já a policia!" e eu... tudo bem! Bring on the Cops! Lá esperei mais uns 5 minutos que a policia chegasse e quando chegou, ouvio a minha versão e a da mulher que agora insistia que eu tinha dito bomba 2! Até pedi para se verem as filmagens, mas aparentemente estas não gravam audio. A policia pediu os meus dados e disse-lhe que era um assunto entre nós e que ela (policia) nada podia fazer! Foi mais ou menos nesta parte que a mulher ligou para uma oficina para pedir a um mecanico que lá fosse tirar-me o excesso de gasolina do depósito, prontificando-se a pagar o serviço e a deslocação... a gasolina é que não havia de lá ficar de maneira nenhuma, suponho que devo mesmo ter caido nas boas graças da mulherzinha hein :|

O mecanico disse que ia demorar 2h até puder mandar lá alguem fazer isso, mas que se eu me deslocasse á oficina era rápido! A empregada da bomba de gasolina desligou e antes que ela acabasse de suspirar já eu lhe tinha dito "Obvio está que o meu carro não vai andar 1 metro na direcção seja de que oficina for! Não vou gastar da gasolina que efecitvamente paguei para ir a uma oficina tirar aquela que por um erro seu lá está!"... e nisto já se havia passado uma meia hora, quando eu tinha dito deste antes de se chamar a policia que tinha 15 minutos para resolver a situação!

Pouco tempo passou desde o desligar do telefona para a oficina, voltar a perguntar á policia o que é que eles podiam fazer, que a mulher se apercebeu que não tinha maneira de sacar os 8 ou 9L de gasolina a mais que eu tinha posto... imprimiu-me o talão dos 20euros e disse-me "Tome lá o talão dos 20euros, e vá-se embora, mas não se esqueça disso!"... confesso que até me pareceu uma ameaça, mas decidi ignorar!

Aproximei-me e disse-lhe, "tinha sido tudo muito mais facil se me tivesse pedido gentilmente para pagar os 10euros que faltavam e admito desde o inicio que se tinha enganado, pois como pode ver, se não partisse de mim pagar o que faltava, não tinha maneira de os ter de volta, e pelo caminho ainda chamou a policia unica e exclusivamente para ver se me assutava? Como vê não resultou! A unica coisa que devia ter mudado desde o inicio de toda esta situação, era só a sua atitude!" e fui-me embora!

... em cima do balcão deixei os 10euros que faltavam!
Free counter and web stats