Jeux d'Enfants

Grande Sofia, lá iamos nós de novo. Foi felicidade pura, uma explosão de prazer inigualável. Melhor que droga, melhor que "cavalo". Melhor que dose, coca, crack, charro, xuto, snifo, ganza, marijuana, LSD, acidos, ecstasy. Melhor que sexo, fellatio, 69, orgias, masturbação, tantrico, kama-sutra ou foda tailandesa. Melhor que batido de banana. Que a colecção da Guerra das Estrelas, os Marretas e o 2001 - Odisseia no espaço. Emma Peel, Marilyn, Lara Croft, Naomi Campbell e o sinal da Cindy Crawford. Melhor que o lado B de Abbey Road, um solo de Hendrix e a chegada á Lua. Os montes espaciais e o pai natal, a fortuna de Bill Gates, o Dalai Lama, Lázaro recuscitado dos mortos. A testosterona do Schwarzenegger, o colagenio da Pamella Anderson. Melhor que Woodstock e as raves mais orgásmicas. Que Sade, Rimbaud, Morrison e Castaneda. Melhor que a liberdade...

... que a vida.

Pointless Nostalgic (3/3/2005)

... encontrei isto, perdido nas catacumbas do meu disco com a data 3 de Maio de 2005 e o titulo "Pointless Nostalgic", aqui fica.

Ehehe, não consigo evitar o esboçar dum sorriso sempre que volto ao meu blog, e esta vez não foi excepção, como que uma antevisão do post que ai vinha. Uma vez que "disse" ao blogger para recordar a minha password, é natural que assim que digito a morada no endereço do browser ele me leve directamente, (sem passar pela casa partida, nem receber 2.000$00) para o pagina do meu blog, tudo muito natural não fosse o facto, por vós sobejamente conhecido, de eu dar demasiada importância ao pormenor e ter uma leitura muito própria de tudo aquilo que é quotidiano, vejo este "Remember me" como algo bem mais bonito que um simples "cookie", vejo o reconhecimento de uma pagina de net que sabe tanto de mim, e me recebe sempre de braços abertos, regardless de quanto tempo tenha passado desde o nosso ultimo encontro, imagino-a contente por me ter de volta, e estupidamente fico feliz também.

Nostálgico, é provavelmente uma das palavras que me caracteriza melhor, vivo bastante agarrado ao passado, em demasia digo mesmo, olho para cada momento como algo único que acontece num dado instante e que jamais, não obstante dos anos que eu viva voltará, posso até juntar o mesmo grupo de amigos á mesma mesa do mesmo café e falarmos de exactamente as mesmas coisas, mas mesmo dum dia para o outro a pessoa que somos muda e provavelmente não vou pensar exactamente da mesma maneira que no dia anterior, e dito isto, tudo passa, e não volta mais. É complicado esperar expectante por um amanhã melhor quando amei tanto o dia de ontem, quando tudo aquilo que queria era revive-lo dia após dia num loop que durasse uma eternidade.

Este não é o único sitio onde escrevo, nada de tão grande relevo como este meu blog, mas guardo um .txt com os meus nicks de messenger, frases, citações, passagens de musicas ou filmes que hoje, ou quando foram escritos fizeram todo o sentido na minha vida. Os meus nicks de messenger dizem tanto sobre mim como cada um destes posts. Uma das minhas mais utópicas fantasias é ter todas as raparigas do mundo adicionadas na minha lista de contactos e que um ano depois e 1000 nicks meus mais tarde, a Tal, venham falar comigo e diga, "és tu, amo-te, á tanto que te procuro!". De vez em quando releio todos e vejo quais é que deixaram de fazer sentido para os apagar, mas a grande maioria são intemporais e como tal, a lista só tende a crescer, muito dificilmente a diminuir.

Um dos principais motivos pelo qual volto aqui depois de ter oficialmente terminado com o blog no dia 26 de Dezembro, é por achar de tempos a tempos que ficou qualquer coisa por dizer, por vezes a vocês, alguma coisa que aprendi ás minhas custas e provavelmente da maneira mais difícil que acho que seria óptimo se pudessem aprender cos os meus erros e ainda que não possam, que ao menos tenham, com base naquilo que vivi, uma boa ideia sobre o que esperar a seguir. Outras tantas vezes escrevo mesmo para mim, algo que gostava de ler daqui a 10 anos e provavelmente me sentir ainda mais nostálgico por tanto tempo ter passado, mas ainda assim, que me faça parar na minha vida atarefada, olhar para trás numa década e recordar o quão feliz era, o quão feliz sou! Life's just a memory, soon to be gone... enjoy it!

Então aqui fica, para mim em 2015...

Olá Zé, tens 33 anos agora, espero que sejas tão feliz agora quanto o eras no dia em que escrevi isto para ti! Espero que tenhas conseguido construir a vivenda que tanto gostavas de ter num sitio pacato, que tenhas um carro podre na garagem que vás restaurando nas tardes de domingo sempre que não tens nada para fazer. Que o Muckey, o BB, o CoLT, o Horza, o Fatty e o Vassago ainda apareçam ai por casa para ver os jogos de futebol e que ainda percam tempo a rir que nem uns perdidos das parvoíces uns dos outros tal como fazemos hoje. Espero que guies mais devagar, e que tenhas perdido a mania de andar sem cinto se segurança, ia odiar que te acontecesse alguma coisa, sabes que matavas a mãe de desgosto! Espero que estragues a avó com mimos porque já tem quase 90 anos, e ainda não consigas imaginar o que vai ser da tua vida sem ela. Espero que tenhas um trabalho que gostes, e que te esforces por ser o melhor seja o que for que fazes. Espero que durmas bem de noite, com a consciência tranquila de que és a melhor pessoa que podes ser, espero que tenhas aprendido alguma coisa em todo este tempo que passou, e que saibas agora dar menos valor ao passado e mais ao presente de modo a desfrutar o tanto que ele tem para te dar. Espero que já tenhas encontrado alguém que te faça feliz, que te complete, mereces. Que acordes todos os dias ao som da voz dela a dizer "Bom dia Amor" e que nesse segundo o mundo te pareça perfeito. Espero que tenhas tido um casamento como ela sempre sonhou, que tenhas convidado o Xastre e o Xut porque amigos são os que perdoam e, afinal de contas, já passou tanto tempo, que não te tivesses esquecido do Rina e deixado uma cadeira vazia a contar com ele. Espero que não tenhas chorado... muito pelo menos. Espero que sejas saudável, que faças exercício. Não te atrevas a morrer-me! Espero que acordes cedo todas as manhãs e inspires todo o ar da terra enquanto pensas "Isto é tudo quanto quero da vida, nada mais". Que penses em mim, no rapaz que havia em ti á 10 anos atrás e digas enquanto de olhas ao espelho... "Puto, ias ficar orgulhoso de mim!".

P.S. - Para o BB, meu irmão de outros pais, se juntássemos bem as cabeças, resolvíamos os nossos problemas com uma só bala, mas não nós puto, “we are far too young and clever”... o mundo é nosso!


Os cães ladram e a caravana passa, o mundo gira... e tudo muda.

Gosto...

Gosto das pessoas que cantam em voz alta de olhos fechados nos postos de escuta da fnac.
Gosto das pessoas que dançam no duche e poe em perigo a vida sem tapete anti.derrapante.
Gosto do condutor apressado com prioridade que pára para me dar passagem no cruzamento.
Gosto de bebes ingenuos que chamam flores com os dedos como se fossem um cão ou um gato.
Gosto de gordas gravidas que pavoneiam a barriga enorme bem como os dois pneus de lado.
Gosto do tóni da camisa do benfica nas festas do Barreiro com o braço por cima da loura bimba.
Gosto da velha de cabelo roxo e permanente á prova de bala sentada no canto da pastelaria.
Gosto de gente que anda mais 30 metros no sentido contrario para atravessar na passadeira.
Gosto de motards que estendem a mão e me agradecem quando me desvio para os deixar passar.
Gosto da vizinha que vem deitar o lixo e passear o caniche com rolos e camisa de noite.
Gosto de quem bate palmas quando o avião aterra, como se o piloto nos fizesse um favor.
Gosto de gordas á hora d'almoço na fila de espera da casa das sopas, pa manter a linha.
Gosto de quem desliga o telefone num "fade out" intercalado de 10 "Tchau's" e "beijinhos"
Gosto do "homem bicenterário" que anda pela rua com o auricular do telefone na orelha.

Esta gente dá cor aos meus dias.

Another tip for the future

Á semelhança do post em que vos dizia em como poupar 13€ por mês na vossa factura da Netcabo, agora venho-vos dizer em como podem reduzir a vossa conta da luz.

Passem no site da EDP e preencham o requisito de adessão á tarifa Bi-horária

A tarifa bi-horária caracteriza-se por preços diferenciados do kWh, consoante a utilização em horas de vazio ou fora de vazio, cujos períodos de duração são visíveis em 'Horários'. As horas de vazio são, fundamentalmente, as horas do período nocturno e fins-de-semana, em que é mais frequente a utilização de grandes electrodomésticos, como máquinas de lavar roupa e louça, forno ou aquecimento.
fonte : site EDP

O resultado há.de ser qualquer coisa como uma redução de 40% no total da factura como o proprio site indica.

A aquilo que me incomoda é ser necessario requerir estas coisas, porque afinal de contas o preço pela energia no periodo "normal" é o mesmo, e nas horas de vazio de menos 40%, periodo este que coincide com a noite, parte do dia em que se gasta mais luz, mais que ñ seja porque está escuro ñ?

E grão a grão ... quase que me devem um jantar.

"Irrita-me a felicidade de todos..."

Há certos casais que me fazem comichão! Ele trata-a mal, e quando digo "trata mal" nem quero dizer que lhe bate ou a anda a trair com outras miúdas, simplesmente não a trata bem, ou em outros exemplos que tenho em que é a vez dela exigir que ele seja alguem que ele não é com o pretexto de que ela ia gostar mais fosse ele mais aquilo que ela quer e menos aquilo que ele é, e a parte que me faz confusão é a submissão, e vê-los tanto a eles como a elas rebaixarem-se a caprichos e se deixarem humilhar por mudanças de disposição e caprichos simplesmente para agradar ou não levantar ondas numa relação que supostamente só devia existir para fazer de ambos pessoas melhores!

Aprendam uma coisa, namorados e amigos não são como família. A família não escolhemos e temos de lidar, melhor ou pior, com a que temos, eu posso ou não gostar da minha família, mas ela há-de ser sempre a mesma e eu vou ter de arranjar maneira de lidar com ela da melhor forma porque nem ela nem eu havemos de ir a lado nenhum. O mesmo não se passa com amigos/as ou namorados/as, para todos esses é me dada a possibilidade de escolha para que me possa rodear somente por aqueles que fazem de mim uma pessoa melhor, de quem gostam de mim como eu gosto deles, quem esteja lá para mim sempre que eu precisar, e se por esta ou aquela situação me desiludem e fazem ver que estava enganado na ideia que tinha deste ou daquele que chamava meu amigo, posso "Bloquear + Apagar" e não lhe voltar a olhar para a cara, porque amigos e amores, ao contrario da crença popular, escolhem-se!

Eu penso bastante, e há coisas em que quanto mais penso, menos lógica ou sentido lhe encontro, como este tipo de namoros. Porque raio é que OPTAM, e a vossa atenção para a palavra "OPTAM", porque como já fiz questão de referir em relação ás vossas relações, escolhem com quem querem estar, porque raio então escolhem estar com alguém que vos trata mal no sentido de não vos tratar bem!? Já sei... porque "ahh mas eu gosto dele, e ele até gosta de mim" por favor, MORRAM! Mas de quem é que vc's gostam mais afinal, deles ou de vocês?!

E engana-se quem acham que daqui a uns tempos as coisas vão ser diferentes. Para estarem numa relação desse tipo, deduzo à partida que não são muito inteligentes porque se o fossem já se tinham apercebido que não tem de aturar alguém que insiste em chamar-vos "estúpida" 12x ao dia, ou acha que estão ali para o servir, ou ainda que não têm de ir aprender a tocar guitarra lá porque o namorado da irmã da prima dela toca, e se ele toca tu então tambem tens de tocar, ora bem, porque sim. E consciencializando-vos eu da vossa limitação, deixem também que vos diga que isso é o que vos espera o resto da vossa miseraveis vida, sim, porque acredito piamente que estes são os namoros que dão em casamento e eventualmente em divórcio quando a parte humilhada se apercebe (daqui a 20 anos) que afinal não mudou nada, ou pelo contrario, e o "estúpida 12x ao dia" escaladou para uma ou outra bofetada numa noite menos boa, ou quando ela achar que tem de arranjar um segundo emprego porque o namorado da irmã da prima, o que tocava viola, comprou um carro melhor que o vosso e sabe Deus que ela não pode ficar a perder.

Daqui a 20 anos acordam, com uma consciência, espero eu, mais apurada que aquela que tem hoje e apercebem-se que desperdiçaram a vossa vida ao lado de alguém que nunca gostou de vocês, ou até gosta, mas tanto quanto ia gostar de outra tipa/o qualquer que se sujeitasse ao mesmo a que vocês se sujeitam, e que aquilo que eles mais gostam de facto em vós é a subserviência. É com muita pena que vos informo que vocês não tem um namorado ou namorada, tem um dono ou dona, a quem servilmente obedecem porque... gostam dele ou dela. BRILHANTE!

Que estas próximas linhas vos sirva de inspiração, há neste vasto mundo alguém que vai gostar de vocês poe tudo aquilo que são, que não vos vai insultar a cada hora que passam juntos, ou que não ameaça em acabar, sempre que não obedecem prontamente a seja o que for que tenham sido ordenado. Há-de haver alguém que vai achar-se o gajo/a mais sortudo do mundo por vos ter do lado dele/a e que vos vai tratar como merecem, duma maneira muito diferente a que estão habituados.

Este é provavelmente o post mais inútil que já escrevi, que há-de ser lido por todos aqueles que estão numa relação exactamente como a que descrevi, e vão ingenuamente pensar "não, ele/a gosta mesmo de mim e as cenas vão ser diferentes, nós amamo-nos", e há-de continuar tudo na mesma, e hão-de casar e ter filhos e o tempo dar-me-á razão. E quando acordarem um dia e virem que desperdiçaram a vida com alguém que nunca vos quis à partida, eu vou rebolar a rir da vossa miséria, porque tiveram aquilo que mereceram e eu vou saber que não foi por falta de aviso.

"Irrita-me a felicidade de todos estes homens que não sabem que são infelizes."
Free counter and web stats