If the phone doesn't ring, it's me!

Se te queria ouvir, ligava, se te queria ver, aparecia, se te queria dizer, escrevia, e sabias sempre o que eu queria por aquilo que fazia quando podia. Não deixei de querer, só de poder, mas fica a saber que sempre que eu não apareça, sempre que não escreva, sempre que o teu telefone não toque, sou eu do outro lado ainda a querer e não poder.
Free counter and web stats